MotoGP: Corrida de loucos dá vitória a Marc Marquez

O grande prémio da Argentina deu a primeira vitória do ano a Marc Marquez, porém a corrida foi emocionante, imprevisível e com resultados pouco prováveis.

MotoGP: Corrida de loucos dá vitória a Marc Marquez
(foto: gettyimages.com)

A 1ª linha de partida era constituída por Marquez, Rossi e Lorenzo em 1º, 2º e 3º respetivamente. Frente essa que «apimentava» a corrida devido aos acontecimentos bem recentes que começam a aquecer as relações especialmente entre estes três pilotos.

Na hora da partida Marquez tinha o seu inicio de sonho, manter o primeiro lugar enquanto que Rossi e Lorenzo, fruto de um arranque mais fraco, desciam alguns lugares.

Porém, para má sorte de Marc Marquez, o italiano Dovisioso chegava, ainda na primeira volta e reclamava a liderança, pondo Marquez em segundo lugar, seguido por Rossi em 3º. Lorenzo descia até a um pouco simpático 6º lugar.

A luta entre os três da frente continuava acesa com trocas de posições constantes e foi, na 4ª volta Marquez que alcançou a primeira posição logo à frente de Rossi e Dovisioso.

Lorenzo, que se encontrava em 7º lugar, não conseguia encontrar o seu ritmo e, quando tudo parecia correr mal ao campeão do mundo, as coisas ficaram ainda pior quando, a quinze voltas do fim caiu contra todas as expectativas, abandonando a corrida.

Com Lorenzo de fora as atenções iam todas para os dois da frente, que começavam a batalhar fazendo lembrar a corrida de há um ano no mesmo circuito. Rossi e Marquez distanciaram-se dos restantes e, depois de sucessivas trocas de posições entre 1º e 2º lugares, os pilotos entraram nas boxes para trocar de mota (todos os pilotos nas voltas 9, 10 ou 11 tinham de ir, obrigatoriamente trocar de mota). Rossi perdeu bastante tempo na troca, enquanto que Marquez aproveitou para se distanciar.

Com Marc longe e sem o mesmo ritmo do inicio Rossi tinha agora de segurar o 2º lugar, porém tinha Viñales bem perto. O espanhol até chegou a ultrapassar Valentino, mas o azar bateu à porta e, a três voltas do fim caiu.

Mas as contas do pódio não estavam fechadas. Marquez tinha a vitória bem segura, é certo, mas as Ducati de Dovisioso e Iannone queriam agora lutar pelo 2º e 3º lugar juntamente com Rossi.

E foi mesmo o que aconteceu. Valentino caiu mesmo para 4º, porém contra todas as expectativas, na penúltima curva, na ultima volta, as duas Ducati caíram, quando Iannone tentava ultrapassar o seu colega de equipa, permitindo a Rossi chegar ao 2º Lugar.

A completar o pódio ficou Dani Pedrosa, que, depois de um incidente no inicio da corrida que o fez perder várias posições viu a sorte mudar e conseguir um pódio merecido.

Após a segunda corrida, as contas do campeonato são equilibradas. Marquez lidera com 41 pontos, atrás está Rossi com 33 e Pedrosa em 3º com 27. Lorenzo, com a quada de hoje desce para 4º lugar com os 25 ganhos em Qatar. 


Share on Facebook