MotoGP: Lorenzo vence grande prémio do Qatar

Uma luta até ao fim ditou Lorenzo como vencedor, numa primeira corrida que dá muitas esperanças quanto a um ano fantástico para os amantes de MotoGP.

MotoGP: Lorenzo vence grande prémio do Qatar
Lorenzo venceu no Qatar (foto: gettyimages.com)

A época começou da melhor maneira para o campeão mundial em título com uma vitória a logo no primeiro grande prémio da temporada.

Saído da primeira posição na grelha de partida, Lorenzo logo conseguiu assumir a liderança, porém não seguiu isolado, uma vez que continuou seguido de perto por Iannone, Dovisioso, Marquez e Rossi.

Viñales, que partiu de um fantástico terceiro lugar, após o arranque, desceu para a sétima posição atrás de Dani Pedrosa que seguia em sexto lugar.

Porém, logo na segunda volta, a velocidade nas retas que a Ducati tem mostrado fez com que os seus dois pilotos superassem Lorenzo que, assim, perdia a primeira posição, descendo para 3º lugar à frente de Valentino Rossi e Marc Marquez.

Quando tudo indicava que iríamos assistir a uma luta a cinco pela vitória, Andrea Iannone sofreu uma queda quando seguia em segundo lugar, a 16 voltas do final, deitando por terra as aspirações que tinha para um início de sonho que sabia ter condições para atingir.

Para a Ducati restava o italiano Andrea Dovisioso que não se deixou embaraçar por estar entre os melhores pilotos dos últimos anos. O piloto da marca italiana seguiu sempre de perto a luta pelo primeiro lugar, tendo sido ultrapassado por Jorge Lorenzo apenas algumas voltas depois da queda do colega de equipa.

Lorenzo viria a conservar essa liderança durante o resto da corrida. A luta concentrava-se, agora, nos três corredores de trás: Dovisioso, Marquez e Rossi que disputavam de maneira acesa um lugar no pódio.

A quatro voltas do final, o espanhol Marc Marquez superou Dovisioso e chegou à 2ª posição, ficando assim numa posição muito confortável para o segundo melhor resultado da tarde. Por sua vez, Rossi parecia bastante confortável em 4º lugar, nunca tentando manobras de ultrapassagem, nem quando se encontrava mais perto dos pilotos da frente.

Na última volta, se o primeiro lugar já estava garantido, o segundo, por sua vez não. Dovisioso ultrapassou Marquez e não saiu mais do segundo lugar, conseguindo arrastar o espanhol para a terceira posição, não deixando obstante de ser um bom resultado para a Honda que tem revelado bastantes dificuldades neste início de temporada.

A corrida terminava então com dois espanhóis no pódio e um Italiano. Lorenzo segurou a primeira vitória da temporada, Dovisioso colocou a Ducati no pódio e marquez levou a melhor sobre Rossi que se ficou pelo 4º lugar.

Em 5º ficou Pedrosa, não começando bem a temporada. Em 6º Viñales não conseguiu fazer valer a 3ª posição que conseguiu obter na qualificação. O top 10 ficava fechado por Paul Espargaro, Bradley Smith, Hector Barbera e Scott Redding, em 7º, 8º, 9º e 10º respetivamente.

Ainda é muito cedo para tirar conclusões sobre o desfecho que tomará a temporada, mas podemos afirmar que a Ducati se juntou à Yamaha e à Honda na luta pelos lugares cimeiros, levando-nos a crer que teremos um ano cheio de corridas imprevisíveis e com muito espetáculo para os amantes de MotoGP


Share on Facebook