Champions League: Leão conquista o Império Grego

O Sporting foi à Grécia vencer o Olympiakos por 2-3 na noite dos sonhos da UEFA Champions League.

Champions League: Leão conquista o Império Grego
Sporting entra a vencer na Champions.

O esférico estrelado rolou na Grécia para o empolgante Olympiakos x Sporting. O técnico Jorge Jesus lançou Piccini e William, mas a principal novidade foi a aposta em Doumbia, que tem experiência na Champions e valências móveis para aproveitar a lentidão da defesa grega. 

A entrada nas 4 linhas foi feroz e os leões iniciaram o duelo praticamente a vencer. Com pouco mais de um minuto, Acuña subiu pela ala e serviu o mortífero Doumbia para o 0-1, aproveitando a passividade da defesa grega. A garra leonina não ficou por ali e num contra-ataque incrível Doumbia transportou a bola e encontrou o mágico Gelson para o 0-2 aos 12 minutos

Instantes depois Bruno Fernandes recebeu de Doumbia e rematou ao poste. A defesa do Olympiakos tremeu ao minuto 22, mas Coates falhou isolado diante o guardião adversário. A caminho do intervalo Acuña e Doumbia deliciaram com uma combinação artística e Gelson viu o poste negar-lhe o tento.  

Ao minuto 42 o festejo chegou mesmo e quem mais poderia ser? Bruno Fernandes, obviamente. O central Coates serviu o médio e o homem bomba verde e branco fez o 0-3. Ao intervalo o resultado poderia ser muito mais avolumado mas fica o registo para 45 minutos incríveis do leão e uma atuação desastrosa da defesa grega.

No segundo tempo os leões controlaram a posse de bola, mas o Olympiakos ficou perto de reduzir aos 60 minutos. Os gregos feridos no orgulho atacaram pouco depois e Odjidja ficou a um palmo da emenda. 

Com o decorrer da partida Jorge Jesus lançou Bruno César e Dost e o Sporting melhorou um pouco, mas os gregos não desistiram de procurar o golo de honra. No quarto de hora final Dost ainda teve tempo para criar uma excelente chance para concretizar, mas a bola embateu pela terceira vez nos ferros. 

No lance que se seguiu o ex-bracarense Pardo reduziu a diferença para 1-3. O colombiano voltou a correr em direção aos leões e fez o 2-3 final aos 93 minutos. O Sporting sofreu inesperadamente nos instantes finais mas a vitória é inteiramente justa e só peca por escassa. 

É um triunfo histórico para os leões e para o futebol luso, uma vez que desde os anos 70 que nenhuma equipa portuguesa ganhava no reduto do Olympiakos. Os felinos estão agora no topo do grupo com 3 pontos, em igualdade com o Barcelona que venceu a Juventus.