Sporting conquista Guimarães: D. Dost e D. Bruno, os reis do golo

Os leões foram a Guimarães bater o Vitória por 5-0, um triunfo que escapava desde 2013.

Sporting conquista Guimarães: D. Dost e D. Bruno, os reis do golo
Leões triunfam em Guimarães.

No Estádio D. Afonso Henriques, Vitória e Sporting mediram forças no duelo da segunda ronda da Liga NOS, que reunia maior expectativa. Nas escolhas de Jesus para o 11 inicial, foco apenas para a inclusão de Bruno Fernandes no lugar de Podence.

O médio ofensivo contratado ao futebol italiano agradeceu a Jesus e aos 3 minutos disparou uma verdadeira bomba que só parou nas redes de Miguel Silva. O craque leonino inaugurou o marcador de forma fenomenal com um golo que merece ser visto e revisto. Pouco depois, o mesmo Bruno Fernandes ficou a centímetros de ampliar a vantagem, dando vida a um inicio de leão.

Os minhotos tentaram responder, mas os felinos aplicaram dois golpes holandeses que derrubaram o Vitória. Na marcação de um livre, Acuña cruzou com régua e esquadro e Bas Dost respondeu de forma afirmativa e fez o 2-0. Ao minuto 23, Acuña insistiu em invadir o Castelo de Guimarães e voltou a servir Dost para o terceiro da partida e o terceiro do craque na Liga NOS. O

Vitória tentou atacar, mas só ao minuto 40 obrigou Patrício a aplicar-se entre os postes. Ao intervalo a vantagem leonina espelhou o futebol jogado nos primeiros 45 minutos com foco para Coentrão, Acuña, Bruno Fernandes e o inevitável Bas Dost. 

No segundo tempo, o Guimarães entrou nas quatro linhas a remar contra a maré e Celis tentou visar as redes de Patrício, mas a bola saiu um pouco ao lado. Na resposta, Piccini obrigou Miguel Silva a uma defesa incrível.

Apesar da vontade em mudar o rumo do duelo, a verdade é que o Vitória revelou várias dificuldades em penetrar o forte reduto defensivo dos leões. O Sporting geriu o resultado tendo resistido ao inicio veloz dos minhotos. O novo mago de Alvalade, Bruno Fernandes não tirou o pé do acelerador e voltou a massacrar o Vitória com o 4-0. Os felinos continuaram a rugir e Adrien fechou as contas com uma mão cheia de golos no sempre difícil terreno do Guimarães.

Os verde e brancos repartem agora a liderança com Rio Ave e Benfica, todos com 6 pontos.