Especial Tetra: Luisão, de Velho Dispensável a Sábio Titular

Luisão fez uma das suas melhores épocas a favor dos encarnados e provou a muita gente que não está acabado. No passado sábado, levantou o seu 5º título de campeão como capitão.

Especial Tetra: Luisão, de Velho Dispensável a Sábio Titular
Em 14 anos de águia ao peito, Luisão conquistou 18 títulos // Fonte: Record

Ânderson Luís Da Silva, mais conhecido no mundo do futebol como Luisão, chegou a Lisboa em 2003 para representar o Sport Lisboa e Benfica. Passados 14 anos, continua a ser um dos pilares da equipa, continuando a fazer história no clube e a ensinar o que é o Benfica. Os últimos anos não têm sido fáceis para o capitão dos encarnados, mas a confiança de Rui Vitória e a união do grupo faz com que Luisão ultrapasse tudo isso.

Depois da época passada ter sido marcada pelas sucessivas lesões que ia contraindo e por ter sido a temporada na qual menos jogos realizou desde a sua chegada, temia-se que o fim do percurso de Luisão no Benfica estivesse perto. Em 2015/2016, o internacional brasileiro apenas realizou 18 jogos, apenas 6 dos quais a contar para o campeonato. Falou-se num negócio que esteve prestes a acontecer, que colocava Luisão a caminho do Wolves, equipa do segundo escalão do campeonato inglês. O número 4 era visto como dispensável, e o Benfica deu toda a liberdade a Luisão para decidir o seu futuro. A transferência esteve iminente, mas o capitão decidiu permanecer na Luz, e parece que fez a melhor opção, tendo sido opção e feito uma época que pouca gente esperava. Podemos resumir este ano de Luisão em dois parâmetros: o pesar da idade e o peso da idade.

Pesar da Idade:

Como já devem ter reparado, Luisão já não vai para novo, completou 36 anos no passado mês de Fevereiro, e isso nota-se dentro das 4 linhas. Desde falta de velocidade (que nunca foi o seu forte) a lesões, tudo isto é normal ser mais recorrente com o avançar da idade.

As maiores dificuldades que o experiente central tem mostrado têm a ver com a sua movimentação, ou seja, quando a bola é posta nas suas costas, a maior parte das vezes é preciso a dobra do outro central ou até mesmo a atenção de Ederson, pois Luisão já não tem capacidade para ir buscar os adversários.

Fonte: oJogo

Também se nota alguma dificuldade nos lances de um contra um, pois os reflexos e a reação também já não são os mesmo de há uns anos atrás. Quantas vezes não vimos Luisão a cair ou a escorregar este ano em lances de um contra um?

Depois as lesões não perdoam, este ano foram mais duas, contra o Arouca e contra o FC Porto, em ambas substituído por Lisandro López, que acabou por marcar em ambas as partidas.

Peso da Idade:

No entanto, esse avançar da idade tem dado coisas ao central brasileiro que faz com que os adeptos esqueçam os aspetos referidos acima. A experiência, o posicionamento e, aquilo que sempre o caracterizou, o jogo aéreo.

A experiência é muito importante numa equipa que tem a ambição de ganhar tudo, e o SL Benfica tem isso em jogadores como Júlio César, Jonas e Luisão. O capitão é o jogador que está há mais tempo no clube, é o jogador com mais títulos com a águia ao peito. Grande parte do plantel encarnado chegou na fase boa do clube da Luz, mas Luisão esteve lá nos momentos maus e continua lá agora nos momentos bons, isso é experiência, e isso é importante não só dentro das 4 linhas, mas principalmente no balneário.

Para esconder as suas dificuldades de movimentação, o central tem um jogo posicional brilhante, atrevo-me a dizer que é o melhor do campeonato português. Está sempre no caminho dos cruzamentos, passes a rasgar, fica tudo nos pés do numero 4 encarnado. Esta é a sua maior valência dentro de campo neste momento.

Fonte: SAPO Desporto

O jogo aéreo, o que há a dizer sobre isso? Sempre foi o seu forte, aquilo que sempre o caracterizou. Não era à toa que lhe chamavam de ‘Girafa’. Quem sabe nunca esquece, e o brasileiro continua imponente nas alturas, tal como sempre foi. É verdade que não faz tantos golos, mas evita, e muitos. E o golo que marcou este ano foi importantíssimo para o Benfica estar agora na final da Taça de Portugal.

Quem esperava esta época de Luisão? Passou de dispensável e «certo no Wolves» a titularíssimo e um dos pilares do histórico tetracampeonato. Vamos ver o que o futuro reserva para Luisão. 


Share on Facebook