Especial Derby: Bas Dost x Mitroglou - golos, golos e mais golos

Para além do sempre apetecível derby entre Sporting e Benfica, o próximo sábado marca também o encontro entre os dois dos melhores marcadores do nosso campeonato. Frente-a-frente Bas Dost (28 golos) e Kostas Mitroglou (15 golos). A presença destes dois artilheiros em campo é quase sempre sinónimo de golos.

Especial Derby: Bas Dost x Mitroglou - golos, golos e mais golos
Bas Dost e Mitroglou, dois sinónimos de golo (Foto: Visão de Mercado)

Se banda sonora fosse preciso para caracterizar Bas Dost e Mitroglou, a escolha incidiria, muito provavelmente, na música "Goal, goal, goal" dos James. Com efeito, esta dupla helénico-holandesa é responsável por 46 golos esta temporada no conjunto de todas as competições...verdadeiros predadores de balizas.

Bas Dost chegou ao Sporting no início desta temporada, tendo como principal (e difícil) função substituir Islam Slimani na frente de ataque leonina. A verdade é que, e como se costuma dizer, o holandês saiu melhor do que a encomenda. Com o avançar dos jogos e dos golos, Bas Dost fez esquecer Slimani muito mais depressa do que muitos esperariam.


O internacional holandês chegou ao Sporting como um jogador de área, fazendo-se valer da sua envergadura e apuradíssima capacidade de finalização. Com o desenvolvimento da temporada, Bas Dost foi trabalhando a sua movimentação sem bola, assim como a vertente de apoio aos colegas de ataque. 

Com Jorge Jesus, o ponta-de-lança holandês tornou-se num jogador com maior espírito colectivo, não se limitando a empurrar a bola para a baliza, e desenvolvendo jogadas de entendimento com os colegas. Mas engane-se quem pense que tal trabalho o impediu de continuar a marcar golos, muito pelo contrário; novidade em jogos do Sporting é quando o holandês fica em branco.

Do outro lado está Kostas Mitroglou. Ao contrário do holandês, esta é a segunda temporada do avançado grego. Vindo do Fulham na época passada, o internacional helénico chegou para substituir Lima, grande referência do ataque encarnado.

À semelhança de Bas Dost, o grego também pegou de estaca na equipa da Luz, fazendo uma dupla mortífera com Jonas. Na primeira temporada de águia ao peito, Mitroglou somou 25 golos, contribuindo assim de sobremaneira para a conquista do título. Um dos golos mais importantes foi mesmo o da vitória no último derby em Alvalade, e que catapultou o Benfica para o primeiro lugar.


Mitroglou distingue-se por ser um jogador que, apesar da boa estampa física, apresenta boa mobilidade, ajudando muitas vezes na construção de jogadas ofensivas em vez de as finalizar. Todavia, e quando chega a hora de facturar, o grego não se faz rogado, sendo raras as ocasiões que desperdiça.

São assim dois finalizadores natos aqueles que subirão ao palco de Alvalade no próximo sábado. Os dois faróis dos respectivos ataques, aqueles a quem se pede sangue frio e instinto goleador na hora de finalizar. Com dois jogadores destes em campo, dificilmente o derby de sábado terminará sem golos.     


Share on Facebook