Leicester vence e está nos quartos de final

O Leicester recebeu e venceu esta noite o Sevilha por 2-0. Os golos de Morgan e Albrighton deram o triunfo ao campeão inglês, carimbando o passaporte para os quartos de final da Liga dos Campeões.

Leicester vence e está nos quartos de final
Leicester continua o conto de fadas na Europa do futebol

A derrota por 2-1 na primeira mão em Sevilha abria algumas perspectivas para o Leicester na partida em Inglaterra. Contudo, foram os espanhóis que entraram melhor na partida, tendo a primiera oportunidade logo aos quatro minutos quando Nasri, já dentro da área, obrigou Kasper Schmeichel a uma defesa apertada.
Com o passar dos minutos, a equipa da casa foi equilibrando a contenda, aproximando-se com mais frequência da área sevilhana.

Numa dessas incursões, Vardy sofreu falta perto da área; Mahrez converteu o livre que encontrou Morgan ao segundo poste que, quase sem querer, fez o primeiro da partida aos 27 minutos.

Foto: uefa.com
Foto: uefa.com

Em desvantagem no marcador, e na eliminatória, o Sevilha partiu para o ataque, pressionando o Leicester e obrigando à total atenção do guardião Schmeichel. Contudo, os Foxes voltaram a equilibrar a partida, criando alguns lances de perigo. Ao intervalo a vantagem era inglesa, mas a eliminatória continuava em aberto.

Para a segunda parte, os sevilhanos fizeram entrar Mariano Ferreira e Jovetic, abrindo assim ainda mais a sua frente de ataque. Todavia, o Leicester continuou com a mesma intensidade da primeira parte, não-se deixando abafar pelo ataque sevilhano. Um ataque que esteve perto do sucesso à passagem do minuto 53; do meio da rua, Escudero desferiu uma bomba que apenas foi travada, e com estrondo, pela trave de Schmeichel.

Não marcou o Sevilha...marcou o Leicester; exactamente no minuto seguinte, Mahrez cruzou para o interior da área encontrando Albrighton. O médio dominou e rematou forte para o segundo do Leicester; o King Power Stadium voltava a vibrar!

A perder por dois golos, os andaluzes aumentaram ainda mais o fluxo ofensivo. Contudo, tal fluxo resumia-se a cruzamentos para a área inglesa, algo que o Leicester agradecia. Mas com o avançar do relógio, os sevilhanos começaram a ser mais criteriosos e pacientes, conseguindo aí criar as melhores oportunidades, aí foi Schmeichel a brilhar, parando o que havia para parar.

A estratégia do Sevilha sofreu um duro revés aos 73 minutos, altura em que Nasri envolveu-se com Jamie Vardy, acabando por ver o segundo amarelo, e correspondente vermelho. Apesar de jogar só com dez, o emblema espanhol continuou a carregar. Com efeito, cinco minutos após a expulsão de Nasri, os andaluzes beneficiaram de uma grande penalidade, quando Schmeichel derrubou Vitolo...aos 78 minutos, a eliminatória poderia ficar empatada.

Foto: thesun.com
Foto: thesun.com

Mas quis o destino que esta fosse a noite de Kasper Schmeichel; a um rol de belas defesas, o guardião dinamarquês juntou a defesa de um penalty ao "currículo", levando os adeptos do Leicester ao delírio. Tal como na primeira-mão, o Sevilha voltou a falhar uma grande penalidade.

Tal falhanço acabou por derrotar psicologicamente a formação espanhola que, até final, nunca mais conseguiu criar verdadeiro perigo junto da baliza de Schmeichel. Com este triunfo, o Leicester continua a fazer história, qualificando-se pela primeira vez na sua história, para os quartos de final da Ligao dos Campeões.


Share on Facebook