Leão ruge novamente: Bas Dost despacha Arouca

O Sporting CP voltou aos triunfos na Liga NOS, numa partida em que Bas Dost marcou 2 dos 3 tentos da vitória diante o Arouca.

Leão ruge novamente: Bas Dost despacha Arouca
Leão ruge novamente: Bas Dost despacha Arouca // Foto: Filipe Amorim/Global Imagens

Na ronda 10 do campeonato, o Sporting aproveitou o empate de águias e dragões para recuperar 2 pontos aos rivais directos na luta pelo título. Os leões receberam e venceram o Arouca por 3-0, com destaque para Bas Dost e Campbell que coloriram o score de verde e branco. O Arouca continua a desiludir e os homens de Alvalade voltaram a rugir bem alto, depois de 3 igualdades consecutivas.

Primeira parte: Bas Dost regressa aos festejos

Nos momentos que se seguiram ao clássico Porto x Benfica, o Sporting recebeu o Arouca com o intuito de voltar à luta pelos lugares cimeiros da Liga NOS. Com Markovic fora dos eleitos, Jorge Jesus lançou Adrien e Campbell, perante um Estádio de Alvalade repleto de esperança.

A entrada em campo foi felina e o Arouca apresentou um bloco estrategicamente baixo, por forma a intranquilizar ao máximo o jogo ofensivo de Gelson e companhia. Foco nos instantes iniciais para um lance bem construido por Bryan, mas faltou rapidez a Dost para finalizar. Na jogada a seguir surgiu o tento de Bas Dost. O holandês deu sequência ao passe de Coates e os leões acabaram por chegar à vantagem dentro dos 10 minutos iniciais.

Filipe Amorim/Global Imagens
Foto: Filipe Amorim/Global Imagens

O Sporting não tirou o pé do acelerador e Ruiz ficou novamente perto de concretizar. Aos 15 minutos o Arouca subiu pela primeira vez à área contrária, mas Patrício resolveu sem problemas. Os forasteiros subiram ligeiramente as linhas ao minuto 20, ganhando inclusive alguns lances perigosos perto da área leonina. Ao minuto 31, Marvin ganhou o flanco e cruzou para Gelson, que poderia ter feito muito melhor à boca da baliza. Perto do intervalo, Campbell bailou sobre os opositores, mas pecou na hora de servir Dost. No descanso, o Sporting baixou aos balneários com uma vantagem justa, mas poderia ter feito mais vezes o gosto ao pé.

Segunda parte: Campbell dá show

Depois do primeiro tempo, os técnicos não mexeram no 11 e a tendência dominadora dos leões manteve-se. Ao minuto 48, Vítor Costa viu o segundo amarelo e deixou o Arouca reduzido a 10 unidades. Instantes depois, João Pereira surgiu solto na área e ficou pertíssimo do golo. Ao minuto 54 o Sporting partiu para um contra-ataque mortífero, e Campbell ampliou a vantagem, aproveitando uma assistência de Adrien Silva. Os felinos voltaram a ficar a centímetros do golo, mas Campbell vacilou diante as redes arouquenses.

Campbell marcou o segundo da partida // Foto: Filipe Amorim/Global Imagens
Campbell marcou o segundo da partida // Foto: Filipe Amorim/Global Imagens

Na marcação de uma grande penalidade, Adrien não conseguiu converter, mas minutos depois Bas Dost viria a bisar na partida. O extremo Campbell assistiu o holandês na perfeição para o 3-0. Já o Arouca, com menos um em campo, mostrou uma apatia justificada, enquanto que os felinos não pararam de procurar a baliza contrária. Na sequência de um canto, Campbell serviu Coates, mas o central falhou por pouco.

Com a ampla vantagem, Jesus optou por dar descanso a Adrien, Bryan Ruiz e Gelson Martins. Na cara do golo, Castaignos não foi objectivo e Bas Dost não chegou a tempo de fazer a emenda. O resultado final de 3-0 a favor dos jogadores de Alvalade foi inteiramente justo, ficando o registo para o regresso aos triunfos dos leões depois de uma maré negativa. Os verde e brancos ocupam agora a segunda posição com os mesmos 21 pontos do Porto, a 5 do líder Benfica.


Share on Facebook