Nuno Espírito Santo x Rui Vitória: O reencontro

São dois jovens treinadores cheios de potencial aqueles que vão medir forças, este domingo, no Estádio do Dragão. Nuno Espírito Santo assumiu esta época as rédeas do FC Porto e procura o triunfo no seu primeiro clássico caseiro. Já Rui Vitória foi campeão nacional no primeiro ano aos comandos do Benfica e quer dar continuidade ao bom momento da sua equipa.

Nuno Espírito Santo x Rui Vitória: O reencontro
Este Domingo Nuno Espírito Santo e Rui Vitória defrontar-se-ão pela quinta vez

O clássico de Domingo entre FC Porto e Benfica põe frente a frente Nuno Espírito Santo e Rui Vitória. Apesar de esta ser a primeira ocasião em que os dois técnicos se enfrentam num desafio entre "grandes", os dois já mediram forças noutras ocasiões.

Com efeito, entre 2012 e 2014, quando Nuno e Rui Vitória treinavam o Rio Ave e Vitória de Guimarães, respectivamente, os dois técnicos encontraram-se por quatro ocasiões. Em 2012/2013 os vimaranenses venceram em Vila do Conde por 3-1, vendo retribuído o "favor" na penúltima ronda do campeonato, quando o Rio Ave venceu no Minho por 1-0. Nesse ano o Rio Ave foi sexto classificado, com mais dois pontos que o nono, Vitória de Guimarães.

Honras repartidas nos jogos entre os dois clubes (foto: asp)
Honras repartidas nos jogos entre os dois clubes (foto: asp)

Na temporada seguinte, Rui Vitória venceu em toda a linha. Os minhotos foram ao Vale do Ave vencer por 1-0, voltando a sair triunfantes do jogo da segunda volta, novamente por 1-0. O Vitória terminou a Liga no 10º lugar, com mais três pontos que o 11º Rio Ave.

V.Guimarães venceu ambos os jogos com o Rio Ave (foto: lusogolo.pt)
V.Guimarães venceu ambos os jogos com o Rio Ave (foto: lusogolo.pt)

Olhando para as performances de Porto e Benfica esta temporada, é clara a vantagem das águias. Os encarnados são líderes do campeonato, com mais cinco pontos que o adversário, segundo classificado.

No cômputo geral, Nuno Espírito Santo soma dezasseis partidas aos comandos do FC Porto, contabilizando dez vitórias, quatro empates e duas derrotas (Sporting e Leicester). No chamado goal average, os dragões somam 29 golos marcados e oito sofridos, metade dos quais na Liga.

(Foto: ASP)
(Foto: ASP)

Já o Benfica disputou até hoje quinze jogos, dos quais resultaram doze vitórias, dois empates e apenas uma derrota (Nápoles). No que a golos diz respeito, as águias mostram-se mais produtivas (33 golos marcados), mas também mais permissivas (10 golos sofridos). Os encarnados são o ataque mais profícuo da Liga (22 tentos apontados) e uma das melhores defesas (4 tentos sofridos), juntamente com o FC Porto.

(Foto: ASF)
(Foto: ASF)

As melhores defesas e os dois melhores ataques do campeonato medem assim forças no próximo Domingo. Uma vitória portista aproxima os dragões da liderança, enquanto que um triunfo encarnado aumenta a vantagem do Benfica para números mais confortáveis.


Share on Facebook