Frente-a-Frente: José Peseiro e Rui Vitória

José Peseiro e Rui Vitória vão enfrentar-se pela sexta vez na carreira, no próximo domingo para Supertaça. O saldo entre os dois dá vantagem ao técnico minhoto.

Frente-a-Frente: José Peseiro e Rui Vitória
Peseiro leva vantagem sobre Vitória (Foto: rr.sapo.pt)

É já no domingo dia 7 de Agosto que Benfica e Sporting Braga, se defrontam para disputar a Supertaça Cândido de Oliveira. Este jogo marca também o sexto embate na carreira, entre José Peseiro e Rui Vitória. O técnico dos minhotos está em vantagem com um saldo de 3-1, registando-se ainda uma igualdade. Quatro desses desafios aconteceram, quando orientavam Sporting Braga e Vitória Guimarães, respectivamente.

No primeiro jogo disputado a 28 de Setembro de 2012, a contar para o campeonato, os vimaranenses receberam os bracarenses, com estes a vencerem por 0-2, cabendo a Éder e Hugo Viana marcarem os golos. Bastou esperar até Dezembro desse ano para os dois emblemas voltarem a jogar no Dom Afonso Henriques, agora para a fase de grupos da Taça da Liga. O resultado acabou por ser um empate a zero, numa prova que o Sporting Braga haveria de conquistar nessa época derrotando na final o FC Porto.

O ano de 2013 chegou e logo no dia 16 de Janeiro novo duelo minhoto, com a cidade de Guimarães a ser o palco mais uma vez. Desta feita estava em jogo a qualificação para as meias-finais da Taça de Portugal, e há terceira foi mesmo de vez com Rui Vitória a levar a melhor sobre José Peseiro, vencendo por 2-1 numa partida que ficou resolvida apenas no prolongamento. A grande figura foi Barrientos que apontou os dois golos vimaranenses, com Éder a marcar para os «arsenalistas». De resto o Vitória Guimarães iria erguer o troféu nesse mesmo ano ao bater na final o Benfica também por 2-1.

O quarto confronto aconteceu em Fevereiro agora para o campeonato e na cidade dos Arcebispos. Triunfo caseiro dos bracarenses por 3-2 com dois golos de Éder e outro de Paulo Vinicius, com Paulo Oliveira e Soudani a descontarem para o Guimarães. Por fim, foi necessário esperar três anos para o quinto encontro ter lugar, também em Fevereiro mas de 2016, agora com Rui Vitória como técnico do Benfica e José Peseiro do FC Porto.

No clássico do Estádio da Luz os «dragões» levaram a melhor vencendo por 1-2, com golos de Herrera e Aboubakar para os azuis e branco e Mitroglou, nos encarnados. Domingo veremos se Peseiro aumenta a sua vantagem, ou se Rui Vitória reduz para a margem mínima.


Share on Facebook