Guimarães 3-0 Sporting: Quando Rui Vitória ainda era minhoto

A jornada 23 da Liga NOS traz a visita do Sporting a Guimarães. Em vésperas de enfrentar o Benfica, os leões regressam a um estádio de onde saíram derrotados por 3-0 na temporada passada diante do Vitória de Guimarães, na altura treinado por Rui Vitória, actual técnico dos encarnados. Um resultado para esquecer e recordar,e que teve repercussões na estrutura dos leões.

Guimarães 3-0 Sporting: Quando Rui Vitória ainda era minhoto
Foto: Lusa

No dia 1 de Novembro de 2014 jogava-se a nona jornada do campeonato nacional. No Estádio D.Afonso Henriques encontravam-se Vitória de Guimarães e Sporting, terceiro e quarto classificados respectivamente e separados por apenas um ponto. Os leões ainda não tinham perdido, contudo somavam o mesmo número de empates e vitórias (4), já os vimaranenses faziam o melhor arranque de campeonato da sua história, contabilizando cinco triunfos e apenas uma derrota.

Tradicionalmente a cidade-berço nunca é fácil para quem a visita, especialmente quando são equipas de maior porte, e esta noite foi exemplo perfeito do pesadelo pelo qual pode passar uma equipa em Guimarães quando os deuses do futebol conspiram contra ela.

Os conquistadores inauguraram o marcador cedo, aos quinze minutos, através de Bouba Saré, emendando à boca da baliza um primeiro cabeceamento de um companheiro de equipa. O Sporting de Marco Silva não foi capaz de reagir em conformidade, nunca ameaçando as redes adversárias; por seu turno, foram os vimaranenses que tiveram as melhores ocasiões.

Foto: maisfutebol.iol.pt
Foto: maisfutebol.iol.pt

Assim, e em lance em tudo semelhante ao do golo inaugural, o Vitória aumentou a vantagem em cima do minuto 45; na sequência de um canto na direita, Maurício tenta evitar o golo depois do primeiro cabeceamento de João Afonso, contudo o brasileiro acaba mesmo por fazer auto-golo. A equipa de Alvalade perdia por dois golos ao intervalo.

Para a segunda parte, Marco Silva fez entrar Slimani e Capel, para os lugares de João Mário e Carrillo. Com maior pendor ofensivo, seria de esperar um leão diferente na etapa complementar. Mas as substituições não resultaram em alterações, o Vitória continuava a controlar, e beneficiava do avanço do adversário para lançar rápidos contra-ataques.

À medida que os minutos passavam e o resultado não mudava, o Sporting foi perdendo gás e concentração. Tal conjuntura acabou por resultar no terceiro golo vimaranense, uma grande penalidade convertida por André André a dez minutos dos 90.

Foto: lusogolo.com
Foto: lusogolo.com

Esta pesada derrota e fraca exibição leonina, levou à reacção do presidente Bruno de Carvalho. Através das redes sociais, o líder leonino criticou a postura de alguns jogadores, uma crítica que não caiu bem no seio do balneário verde-e-branco.

Foto: observador.pt
Foto: observador.pt

Curioso será mencionar que esta foi a última vitória perante o Sporting, quer do Vitória de Guimarães, quer de Rui Vitória, na altura técnico dos vimaranenses. No defeso, o treinador trocou Guimarães pelo Benfica. Na primeira volta os vimaranenses perderam em Alvalade por claros 5-1, enquanto que Rui Vitória leva já três derrotas diante dos leões esta temporada.


Share on Facebook