Taça das Confederações: Antevisão da Final

A um dia a final da Taça das Confederações, fazemos uma antevisão do jogo e exploramos o caminho dos dois finalistas.

Taça das Confederações: Antevisão da Final
Antevisão da Final

Alemanha e Chile são os dois finalistas da Taça das Confederações e apenas um a irá levar para casa. Nenhuma destas seleções venceu antes esta competição, e por isso a final deste domingo será uma estreia no lote de vencedores da prova, que conta com o Brasil com mais troféus.

Curiosamente, estas duas seleções faziam parte do mesmo grupo e defrontaram-se na segunda jornada da fase de grupos, tendo empatado a uma bola. Antes o Chile havia vencido os Camarões por 2-0 e a Alemanha a Austrália por 3-2. Na terceira e última jornada do grupo, a Alemanha venceu os Camarões por 3-1 e o Chile empatou com a Austrália a um golo, o que fez com que a seleção sul americana ficasse em segundo do grupo.

Já nas meias finais, o Chile encontrou a seleção portuguesa e teve de ir a grandes penalidades para conseguir seguir em frente na prova. 3-0 nos penaltis ditaram o acesso à final, enquanto que Portugal irá disputar o terceiro lugar. Por outro lado, a Alemanha teve a vida mais facilitada, no sentido em que conseguiu vencer o México nos 90 minutos regulamentares, ficando o placard com uns expressivos 4-1.

A seleção alemã deixou as principais estrelas de fora e conta com uma equipa mais jovem, mas que mostra vontade em vencer e mostrar serviço. Já o Chile conta com nomes como Alexis Sanches, Arturo Vidal ou Eduardo Vargas, jogadores bastante conhecidos no futebol Europeu.

Não há jogos iguais, e se no jogo da fase de grupos o Chile foi mais equipa, criando mais situações de perigo pecando no último passe em detrimento da Alemanha, que administrou o empate, na final todos querem vencer.

Prognósticos só no final do jogo, mas espera-se um excelente jogo entre duas grandes seleções com argumentos para vencer a prova.


Share on Facebook