Manchester United e Ajax na Final da Liga Europa

Manchester United e Ajax são os dois finalistas da Liga Europa. Ingleses e holandeses ultrapassaram os respectivos obstáculos, controlando a vantagem que ambos traziam dos jogos da primeira-mão. Agora tudo se decidirá em Estocolmo.

Manchester United e Ajax na Final da Liga Europa
Manchester United e Ajax na Final da Liga Europa

Manchester United 1-1 Celta de Vigo

Depois de vencer na primeira mão em Espanha, o Manchester United entrou em campo com a magra vantagem de um golo. Determinado a não passar o jogo em constante sofrimento, os homens de Mourinho partiram em busca do golo, conseguindo-o à passagem dos 17 minutos.

Cruzamento de Rashford na esquerda e Fellaini a aparecer no segundo poste para, de cabeça, fazer o primeiro da partida. Apesar de sofrer um golo cedo, a missão do Celta mantinha-se: dois golos para mudar a eliminatória a seu favor.

Foto: uefa.com
Foto: uefa.com

Depois do golo sofrido, os galegos abanaram um pouco mas conseguiram recuperar a compustura já no final do primeiro tempo, sem contudo ter criado situações de perigo claro. No segundo tempo o Celta partiu em busca do golo, apesar da boa contenção do United.

Todavia, a formação espanhola acabou mesmo por marcar, já aos 85 minutos; canto curto batido e Roncaglia a fazer o empate. O Celta tinha cerca de 5 minutos para chegar à final.

Nos últimos minutos, os de Vigo tiveram mesmo uma clara hipótese para marcar, tendo desperdiçado a mesma. Nove anos depois, o Manchester United volta a uma final europeia.

Lyon 3-1 Ajax

Era confortável a vantagem que o Ajax trazia da primiera mão. Um triunfo por 4-1 em Amsterdão abriu as portas da final de par em par. Tais portas pareceram mesmo escancararem-se à passagem do minuto 27. Lançado pela esquerda surge Dolberg que, com um belo chapéu, fez o primeiro da partida.

Foto: uefa.com
Foto: uefa.com

A resposta do Lyon só se fez sentir mesmo no final da primeira parte. Aos 45 minutos, Lacazette converteu da melhor forma uma grande penalidade, tendo aumentado a parada no minuto seguinte, correspondendo da melhor maneira a um cruzamento rasteiro. Ao intervalo tudo parecia possível.

Foto: uefa.com
Foto: uefa.com


Apesar das várias iniciativas dos gauleses, o Ajax soube controlar o ímpeto do adversário no segundo tempo, controlado as operações. O terceiro golo francês surgiu já ao minuto 81 através de um cabeceamento de Ghezzal; o Olympique estava agora a um golo de empatar a eliminatória.


Até final os gauleses tentaram de tudo, mas não chegaram ao desejado quarto golo. Assim, e com muito sofrimento à mistura, o Ajax garantiu presença na final da Liga Europa.


Share on Facebook