José Mourinho e as críticas aos amigáveis

O técnico do Manchester United diz ser "Totalmente contra os jogos amigáveis das Selecções". Em declarações à imprensa Inglesa o técnico critica os jogos amigáveis dizendo que estes não fazem sentido e que só têm servido para "lesionar jogadores".

José Mourinho e as críticas aos amigáveis
José Mourinho e as Selecções

José Mourinho está novamente no centro da polémica. O actual técnico do Manchester United criticou publicamente os jogos amigáveis entre as Selecções depois de Smaling e Phil Jones terem regressado aos treinos da equipa com problemas físicos. 

"Sou totalmente contra os jogos amigáveis. Acho que os jogos particulares só fazem sentido para as selecções antes das fases finais. Umas semanas antes dos Euros ou umas semanas antes dos Mundiais faz sentido. Mas jogos particulares a meio da época, misturados com jogos de qualificação, não faz sentido nenhum."

Em declarações ao Soccer Saturday, o técnico português diz ainda que quem acaba prejudicado com tudo isto são mesmo os clubes e já com um jogo no sábado, as coisas podem ser complicadas "Perdemos quatro jogadores, penso que o Pogba também está tocado, assim serão cinco. Vi o Valencia ontem contra o Equador, vi o Marcos Rojo contra a Bolívia, mas eles só chegam quinta-feira à tarde. Em comparação com o nosso adversário, o West Brom, só teve um jogador ao serviço das seleções. Eles tiveram tempo para trabalhar, tempo para descansar e prepararem-se. Vai ser difícil para nós." 

Recordemos que, com a paragem para as Selecções, os red devil's tiveram treze jogadores ao serviço das respetivas seleções na última semana, dos quais Antonio Valencia, Marcos Rojo e Sergio Romero foram sujeitos a longas deslocações para jogar na América do Sul. 

Ainda sobre os próprios amigáveis, Mourinho diz que não só não é grande fã, como esses mesmos jogos muitas vezes deixam a desejar em termos de qualidade "Além disso, esses jogos nunca são grandes jogos, por isso não sou grande fã. Por outro lado penso que um dia vou estar do outro lado, por isso não posso ser muito critico".