Premier League continua milionária apesar do Brexit

Um dos melhores campeonatos do mundo promete ser competitivo e impressionantemente gastador.

Premier League continua milionária apesar do Brexit
(Foto: india.com)

Em pleno momento conturbado do Brexit, o futebol inglês surge fulgurante e com grandes contratações. Desde que abriu o mercado as equipas da Premier League já gastaram mais de 440 milhões de euros. A 10 de fevereiro de 2015 os clubes assinaram um contrato de transmissão televisiva no valor de 7.000 milhões de euros. Os clubes que mais gastaram foram: Manchester United com 80 milhões de euros, o segundo e terceiro foram o Manchester City e Liverpool com 47 milhões cada, depois vem o Arsenal com 45 e, nos dois últimos lugares Chelsea e Leicester com 39.

Com a maior contratação a ser efetuada pelo Arsenal que despendeu 45 milhões de euros pelo internacional suíço Xhaka vindo do Borussia Mönchengladbach, em segundo Mkhitaryan que se juntou ao Man. United por 42 milhões e, por último Mané que veio do Southampton para o Livepool por 41 milhões. O Leicester, campeão, contratou Musa, Mendy, Zieler e Luis Hernández num total de 39 milhões. Como o mercado em Inglaterra só fecha a 1 de setembro ainda se esperam muitas surpresas, com Pogba, Aubameyang, Mario Götze e Carlos Bacca a serem alguns dos nomes relacionados com o interesse de clubes do maior país do Reino Unido.


Share on Facebook