Euro 2016: RX - País de Gales

O País de Gales está nos quartos-de-final do Euro 2016, naquela que é a sua estreia neste género de competição. Uma selecção que faz do seu poderio físico, uma «arma» e tem em Gareth Bale a grande figura.

Euro 2016: RX - País de Gales
País de Gales uma das surpresas do Euro 2016

Se antes do Euro 2016 arrancar nos dissessem que o País de Gales estaria nos quartos-de-final, poucos acreditariam. Num grupo onde estavam a InglaterraRússia e Eslováquia, esse cenário parecia ainda menos provável. No entanto as coisas até começaram a correr bem aos galeses, ao baterem os eslovacos por 2-1, resultado pelo qual viriam a perder com o rival britânico, já no período de compensação.

Porém na última jornada derrotaram com um concludente 3-0 os russos e garantiram a segunda posição. Esse cenário colocou-os nos oitavos-de-final frente à Irlanda do Norte, num jogo onde a técnica foi claramente ultrapassada pela força e o equilibrio constante. Tudo se decidiu com um auto-golo de McAuley e agora os galeses vão ter pela frente a Bélgica, apontada como uma das fortes candidatas à vitória final.

O País de Gales joga num 4-3-3 embora se coloque num 4-4-2 em algumas fases do jogo, nomeadamente a defender. Aslhey Williams é o capitão e a voz de comando no centro da defesa, mas é do meio-campo para a frente que estão as maiores figuras desta selecção. Com Joe Allen e Aaron Ramsey a darem criatividade e posse de bola, no apoio a Gareth Bale e Sam Vokes.

A entrega e a garra com a equipa entra em campo, lutando sempre por todas as posses de bola e com uma energia física que nunca mais acaba, são outros factores a ter em consideração. No entanto a nível defensivo são premeáveis, dado o balanço ofensivo que os seus laterais colocam no jogo e que depois não são devidamente compensados.

A Figura

Gareth Bale é a principal referência do País Gales. Actuando em qualquer umas das alas, o jogador do Real Madrid, onde marcou 19 golos esta época, tem já três golos apontados neste Euro 2016, dois dos quais de livre directo, e é um dos melhores marcadores da prova. As bolas paradas é um dos seus «cartões de visita», para além da sua velocidade aliada, à qualidade técnica acima da média que possui.

Bale quer continuar a marcar (Foto: mirror.co.uk)


Share on Facebook