Suiça x Polónia : a lotaria

Suíça e Polónia disputaram na tarde de ontem o primeiro encontro dos oitavos de final neste Euro 2016. O empate a uma bola no final do prolongamento obrigou à decisão do vencedor através das grandes penalidades e a vitória acabou por sorrir à equipa de Lewandowski.

Suiça x Polónia : a lotaria
A Polónia só venceu nas grandes penalidades | Foto: Facebook UEFA euro 2016

O adversário de Portugal para o jogo dos quartos de final no Euro 2016 está já decidido. A equipa de Lewandowski seguiu em frente depois de um jogo onde a equipa de Shaqiri brilhou, tentou, não desistiu, mas na lotaria acabou por ter Xhaka a atirar ao lado e o erro foi fatal. 

Eu, tu e o golo 

Pela primeira vez na sua história, a equipa da Suíça atingiu os oitavos de final de uma fase final de um Europeu. Já a Polónia, mais experiente nestas andanças ia então fazer-lhe frente. 

Já era de esperar que o jogo fosse dividido, mas a verdade é que assim que Clattenbburg apitou, a Polónia ia marcando! Um mau atraso de Djourou para Sommer deu oportunidade a Milik para atirar para o golo, mas, de baliza aberta, o polaco acabou por atirar ao lado. 

Depois disso o jogo esteve dividido. Suíça e Polónia atacavam à vez. A verdade é que a equipa de Vladimir Petkovic estava por cima do encontro e obrigou a experiente Polónia a recolher no terreno. A equipa polaca recolheu de tal modo que quando se esticou... marcou. 

Aos 40' e num lance de contra-ataque a bola acabou por chegar à área de Sommer, Blaszczykowski apareceu solto na área e de frente para o guarda-redes atirou para o 1-0. 

Blaszczykowski  fez o primeiro golo do jogo  | Foto: Facebook UEFA Euro 2016
Blaszczykowski fez o primeiro golo do jogo | Foto: Facebook UEFA Euro 2016

A Suiça não conseguiu reagir ao golo da equipa polaca e a verdade é que até ao intervalo ainda tiveram mais um susto. Um lance de Milik e Lewandowski só não deu o golo ao grande jogador polaco porque este desperdiçou e atirou ao lado! 

À espera de Shaqiri 

A Suíça entrou forte na segunda parte, mas a verdade é que a Polónia continuava a aproveitar as oportunidades para criar contra-ataques rápidos à baliza contrária. 

O jogo começou a ser mais agressivo e os lances entre polacos e suíços obrigaram Clattenburg a colocar um travão e puxar do cartão amarelo por três vezes em menos de 10 minutos. À medida que o tempo ia passando as coisas acalmaram, mas a verdade é que a equipa suíça continuava sem marcar. E mesmo quando o golo esteve certo aos 73', Fabianski disse que não. 

Aos 78', novo susto para a baliza polaca. O remate de Seferovic foi forte demais, tão forte que acabou mesmo por ser a barra a negar-lhe o golo, mas ao 81', o golo finalmente apareceu! 

Shaqiri fez um dos melhores golos deste Europeu | Foto: Facebook UEFA Euro 2016
Shaqiri fez um dos melhores golos deste Europeu | Foto: Facebook UEFA Euro 2016

E que golo! Com um pontapé de bicicleta, Shaqiri atirou de forma tão certeira que Fabianski ainda se esticou mas já não chegou a tempo. Estava de novo reposta a igualdade merecida no marcador. 

E se a equipa de Petkovic já estava forte, depois do fantástico golo do empate ficou muito mais! Até ao final do tempo regulamentar a Suíça não desistiu de tentar marcar, mas foi já no tempo de compensação que a Polónia resolveu acordar. De nada adiantou, ia mesmo jogar-se mais meia hora. 

O prolongamento de Fabianski 

O cansaço era evidente. Depois de 94' minutos jogados, polacos e suíços estavam mesmo ansiosos para que tudo ficasse resolvido o mais rapidamente possível. 

A Suíça, sedenta de golos, ainda se tentou mostrar nos primeiros 15', mas a verdade é que sempre que tentava ou estava lá Fabianski, ou a defesa polaca acabava por cortar a bola o último segundo. 

A segunda parte arrancou e a verdade é que a organização em campo por parte da equipa Suíça acabou mesmo por dar frutos. Os lances mostravam que a equipa estava por cima, com mais organização, mais tentativas e mais contra-ataques perigosos... em resumo, só dava Suíça! 

Por outro lado, os polacos estavam mais que desgastados e a verdade é que o facto dos suíços acreditarem que podiam chegar aos quartos de final sem passar pelas grandes penalidades fez com que o tempo do prolongamento parecesse mesmo interminável. 

Aos 112' e aos 117' não fosse Fabianski a chegar-se à frente e as coisas tinham mesmo ficado decididas, mas no final das contas ia mesmo ser a lotaria dos penaltis a decidir o resto. 

A tragédia suíça 

Cinco. Cinco penaltis e as contas da passagem ficavam mesmo resolvidas. 

Lichtsteiner chamado a marcar não desperdiçou, Lewandowski seguiu-lhe o exemplo. Depois chegou a vez de Xhaka desperdiçar e atirar completamente ao lado da baliza de Fabianski. 

Shaqiri, Schar e Rodriguez ainda marcaram, mas a verdade é que de nada adiantou. O erro de Xhaka acabou mesmo por sair muito caro à selecção da Suíça que se vê assim fora do Euro 2016 depois um jogo onde acabou por ser muito superior à equipa da Polónia. 


Share on Facebook