Atlético de Madrid recusa vender os seus melhores

Os madrilenos já recusaram muitas propostas para continuarem no topo.

Atlético de Madrid recusa vender os seus melhores
Atlético recusa vender os seus melhores

O Atlético de Madrid já recusou 400 milhões de euros por cinco jogadores. O clube pretende manter a sua “espinha dorsal” para continuar a ser um dos maiores clubes da Europa, algo que é determinante para a continuidade do técnico Diego Simeone.

Simeone quer manter núcleo duro.

Após as declarações do argentino na final da Liga dos Campeões, o clube tornou-se um alvo para as possíveis saídas dos seus craques: Oblak, Griezmann, Godín, Saúl Ñíguez e Koke tiveram propostas para sair. Mas o clube está interessado num número 9 que dê garantias e no croata Vrsaljko, para assim continuarem a ser competitivos. Em termos de saídas temos Óliver Torres, Kranevitter, Gámez e Vietto. A Premier League e a rica Liga chinesa são as mais pujantes em termos financeiros, mas PSG, Bayern de Munique, Juventus e Barcelona também constituem uma ameaça. A estratégia dos madrilenos passa por rever salários e cláusulas de rescisão para manter os melhores. Casos como o de Oblak ou Griezmann, mas também Saúl, Diego Godín, GiménezCorrea ou Lucas Hernández que ganhariam mais em outros clubes são considerados intransferíveis.


Share on Facebook