Escócia: O Rangers voltou à primeira Liga

O "The Light Blues" conquistou 54 campeonatos escoceses e detém o maior número de troféus domésticos do mundo. Em 1972 venceu a extinta Taça das Taças.

Escócia: O Rangers voltou à primeira Liga
O Rangers regressa à primeira divisão, 4 anos depois

Depois do inferno de 2012, eis que vem a recompensa. O Glasgow Rangers, maior campeão escocês, assegurou o título de campeão do Championship (segundo escalão escocês) e o regresso à primeira divisão. Um golo de Tavernier James, aos 50 minutos, permitiu o triunfo sobre o Dumbarton, e a festa no histórico Ibrox Park.

No meio de 2012, o Rangers caiu da primeira para a quarta divisão, devido a uma grave crise financeira que resultou na refundação do clube, uma vez que os demais integrantes da primeira divisão do país não aceitaram a inscrição na competição. Subiu dois anos seguidos, falhou na temporada anterior, e agora oficializa o regresso ao seu “habitat natural” no futebol escocês. Na Escócia, o único clube que sobe da segunda para a primeira divisão, sem necessidade de disputar playoffs, é o campeão - o que o Rangers se tornou, com quatro jornadas de antecedência, ao chegar aos 79 pontos, 17 à frente do Falkirk, 2º classificado.

Com 54 títulos do Campeonato Escocês, 33 da Taça da Escócia e 27 da Taça da Liga, a equipa azul de Glasgow conseguiu subir os dois primeiros degraus sem dificuldades. Na temporada passada, o Rangers ficou em terceiro, sendo obrigado a disputar o playoff pelo acesso. Após eliminar o Queen of the South e Hibernian, também da segunda divisão, caiu diante do Motherwell, penúltimo, com duas derrotas. Depois da conquista, volta as atenções para o clássico com o Celtic, no dia 17, pelas semifinais da Taça da Escócia. Caso surpreendam o maior rival e conquistem a taça, os “Gers” garantirão lugar na Liga Europa, voltando a disputar torneios continentais após cinco anos.


Share on Facebook