A caminho do Euro: a seleção francesa

Dentro de apenas alguns meses temos o começo do Euro'16. O Vavel Portugal vai-lhe apresentar ao longo da próximas semanas as várias seleções presentes nesta edição da competição.

A caminho do Euro: a seleção francesa
A caminho do Euro: a seleção francesa

Apesar de problemas a nível da segurança e das ameaças de atentados terroristas, o europeu tem tudo para ser espetacular e parece prometer muitas surpresas devido ao seu novo formato. As curiosidades são muitas, sendo a França uma delas. Estando a jogar em casa, os gauleses estão no lote dos favoritos à vitória na competição. Será desta que os franceses voltarão aos tempos de glória de outrora? 

Tempos difíceis apontaram a revolução - resultados estão à vista

Os franceses passaram por momentos difíceis depois da decadência da geração composta por Zidane, Henry ou Patrick Vieira, que tanto deu ao futebol mundial. Chegou mesmo a ser o descalabro total. As eliminações na fase de grupos no Euro'08 e no Mundial'10 apontaram a uma revolução na equipa. Se a participação no Euro'12 foi discreta, deu no entanto para entender que já havia uma pequena evolução. O último mundial foi a confirmação de isso mesmo.

Uma nova geração de ouro

De vez em quando parece que determinados países são abençoados por fornadas de jogadores extremamente talentosos. Ora o mais recente caso é mesmo a França. A injenção de novos talentos na equipa como Pogba ou Varane tornou-se uma peça fundamental para este recente sucesso que está para durar, depois de uma fase onde a maior parte dos jogadores passavam a idade dos trinta anos. 

Comemoração de Varane após marcar num amigável frente à Suécia (Foto: Reuters)
Comemoração de Varane após marcar num amigável frente à Suécia (Foto: Reuters)

Varane e Pogba são, aliás, os dois grandes líderes desta França rejuvenescida. O primeiro foi uma aposta de Zidane (sustentada por José Mourinho) pelo Real Madrid, depois de ter dado os primeiros passos no Lens. O defesa-central destaca-se pela sua força no jogo aéreo e pela qualidade na saída de bola. Na sua seleção foi titular no último mundial; a França sofreu apenas três golos em cinco jogos.

Pogba dispensa apresentações. Com apenas 21 anos, já é um dos melhores do mundo na sua posição e é o dono do meio-campo da Juventus. É um autêntico box-to-box: tanto contribui na parte defensiva como ofensiva. Técnica, velocidade, físico e visão de jogo são algumas das suas principais características. É um dos jogadores mais completos da atualidade e com certeza que estará na luta pela Bola de Ouro dentro de alguns anos.

Contudo, esta fornada de jovens não acaba por aqui. Existem muitos nomes mas podemos falar de Antoine Grizmann que tem realizado temporadas fantásticas em Espanha, principalmente ao serviço do Atlético Madrid. Há ainda Lacazette, Fekir ou Kurt Zouma (vai estar ausente devido a lesão), só para dar mais alguns exemplos.

Polémicas começam a surgir - Indícios de novo descalabro?

Quem não se lembra da polémica com Domenech no Mundial'10? Pois é, ainda não estamos em europeu mas as polémicas em torno da seleção francesa já começam a surgir, o que pode provocar um mau ambiente no grupo, afentando os resultados. Valbuena e Benzema, que têm sido dois dos jogadores mais utilizados por Deschamps, poderão ver as suas presenças no Euro em risco. Os dois jogadores estão envolvidos numa polémica sobre uma suposta sex-tape. A Federação Francesa de Futebol já mostrou bem o seu desagrado e decidiu afastar o avançado do Real Madrid. Já em relação a Valbuena, a decisão não está muito bem esclarecida. São dois jogadores chave para o grupo e isso pode afetar de uma maneira ou outra...


Share on Facebook