Liga dos Campeões: O Imperador Romano CR7 e o triunfo suado do Wolfsburgo em noite de estrelas

Em quarta-feira de Liga Milionária, destaque especial para a vitória do Real Madrid no reduto da Roma por 0-2. Para além do sucesso de Cristiano Ronaldo, relevo também para o triunfo do Wolfsburgo por 2-3 em casa do Gent.

Liga dos Campeões: O Imperador Romano CR7 e o triunfo suado do Wolfsburgo em noite de estrelas
Foto: Facebook do Real Madrid C.F.

O Hino da Liga dos Campeões voltou a soar nos palcos europeus para uma quarta-feira recheada de emoções com os apaixonantes Roma x Real Madrid e Gent x Wolfsburgo. Para a primeira mão dos oitavos-de-final os merengues levaram a melhor frente aos italianos, com Cristiano Ronaldo em grande plano com mais um grande golo do melhor marcador de sempre da Champions. O Wolfsburgo tremeu mas não caiu e conseguiu vencer os belgas do Gent, deixando a vitória bem encaminhada.

Roma x Real Madrid: Cristiano e Jesé arrasam italianos

Em noite empolgante no Olímpico de Roma, o Real Madrid deslocou-se a Itália, acabando por vencer por 0-2 numa partida a contar para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. A Roma entrou nas 4 linhas com um bloco extremamente baixo que deu a iniciativa de jogo total aos madrilenos.

Na primeira parte o Real Madrid registou muita posse de bola, mas não apresentou o habitual caudal ofensivo nas alas. Os romanos fecharam muito bem os espaços aos craques do Real, faltando progressão à circulação do esférico exercida pela equipa de Zidane. A Roma apresentou-se em casa com uma postura demasiado defensiva, não aproveitando os bons jogadores que tem no plantel para criar dificuldades à frágil defesa do Real Madrid. 

Na 2ª parte os blancos entraram mais pressionantes e dinâmicos, e foi sem surpresa que, ao minuto 57, conseguiram desbloquear o último reduto romano. Depois de um lance de Marcelo o esférico sobrou para Cristiano Ronaldo, que acabou por concretizar um golo de belo efeito com um remate em arco sem hipótese de defesa. A partir daqui o jogo ficou ainda mais fácil para os espanhóis, e pouco depois do tiro de CR7 registo para um cruzamento perfeito de James que encontrou a cabeça de Cristiano, faltando, no entanto, a direção certa para ampliar a vantagem.

Foto: Facebook do Real Madrid FC
Foto: Facebook do Real Madrid C.F.

A Roma tentou chegar ao empate, mas o melhor que conseguiu foi queixar-se de uma grande penalidade ao minuto 85. 1 minuto depois deste incidente na área do Real, nota para o segundo golo dos merengues. O jovem formado no clube, Jesé, fugiu aos adversários e bem enquadrado com a baliza rematou, colocando um ponto final no jogo e, provavelmente, na eliminatória. 

O espetáculo da Champions contou com o 12º tento de Ronaldo em 7 jogos da atual edição da prova, e para a história do jogo fica um 0-2 que coloca o Real Madrid com um pé e meio nos quartos-de-final da Liga Milionária. A Roma precisa de um "milagre papal" para dar a volta aos acontecimentos, mas como o esférico estrelado da Champions está repleto de surpresas o mais prudente é esperar pela partida da 2ª mão em solo espanhol.

Gent x Wolfsburgo: Parecia resolvido, mas no futebol tudo pode acontecer

A estreante equipa do Gent recebeu no seu reduto a favorita formação do Wolfsburgo para a grande festa da Liga dos Campeões. Como era esperado os alemães entrarama  todo o gás e empurraram os belgas para o seu último reduto. Com o português Vieirinha em grande forma, o Wolfsburgo dominou por completo a primeira parte, mas só ao minuto 44 conseguiu furar as redes do Gent. A jogada do primeiro tento é dotada de uma técnica extraordinária, com Vieirinha e Draxler a trocarem completamente as voltas à defensiva contrária, acabando o jovem internacional alemão por dar o toque final num lance genial. 

Depois do descanso os alemães entraram motivados para a 2ª parte, e ao minuto 54 voltou a sobressair o génio, o talento e a perícia do germânico Draxler. O jogador criativo voltou a concretizar um golo lindíssimo  e os belgas, que contavam no seu 11 com o ex-Sporting Renato Neto, pareciam estar completamente perdidos em campo. Ao minito 60 o Wolfsburgo mostrou mais uma vez a sua superioridade, ampliando a vantagem para 0-3 por intermédio de Max Kruse.

O resultado parecia decidido, e caso existisse alguma dúvida seria em perceber se os alemães marcariam ou não mais golos. Eis senão que tudo muda. Nos últimos 10 minutos o Gent reagiu e mostrou que a Liga dos Campeõs é sinónimo de imprevisibilidade. Ao minuto 80, Kums reduziu para 1-3, levando os associados do Gent ao delírio. 9 minutos depois, Coulibaly não tremeu perante as facilidades defensivas dos germânicos, fixando o resultado final em 2-3.

O jogo da 2ª mão parece estar mais favorável ao Wolfsburgo pelo futebol bonito que praticou nesta 1ª mão, mas com esta reação dos belgas fica sempre a dúvida em relação ao que poderá acontecer em terras germânicas. Os alemães marcaram 3 golos fora, mas caso queiram chegar aos quartos-de-final da Liga Milionária terão de aumentar os índices de concentração perante um Gent audaz que tem tido uma estreia brilhante na Champions


Share on Facebook