Manor pode descartar novo chassis nesta temporada

A chegada de novos elementos à equipa poderá adiar o novo chassis para 2016.

Manor pode descartar novo chassis nesta temporada
Roberto Merhi é um dos pilotos da Manor nesta temporada (foto: Manor Marussia)

A Manor poderá descartar a ideia de estrear o novo chassis em 2016, anunciou hoje um dos membros da equipa. O facto de o MR03B conseguir manter-se dentro dos 107 por cento poderá ser um fator crucial para que a ideia de ter um chassis novo possa ser adiado para a temporada de 2016, afirmou o seu diretor, Graeme Lowndon.

"Eu creio que nas próximas semanas tomaremos algumas decisões bastante importantes", começou por dizer à Motorsport britânica. "O cenário está a ficar um pouco mais claro agora em termos de que com quem estamos a competir e o que precisamos de fazer. Faremos a coisa mais certa para a empresa", concluiu.

Novos técnicos levam a alteração de planos

A chegada de novos membros na equipa técnica, como Bob Bell, antigo desenhador da Renault e da Mercedes, está a fazer pensar na estratégia para o futuro mais próximo, dado que pensavam estrear o MR04 em Spa-Francochamps, após o verão europeu, para encurtar a distância para a concorrência, nomeadamente a Sauber, McLaren e Force India, e ganhar pelo menos mais dois segundos e sair da cauda do pelotão. 

"Não há um caminho rápido e eficaz. Não há nada a dizer em termos definitivos que não pode ter um motor ou um chassis diferente. Está tudo em aberto e qualquer que seja a resposta, é o que vamos fazer. Mas quero que tenham em mente que algumas das pessoas que podem ter um grande impacto [na nossa equipa] acabaram de chegar", concluiu.

A Manor corre nesta temporada com o britânico Will Stevens e com o espanhol Roberto Merhi e ainda não pontuaram, depois de conseguiram dois pontos na temporada passada, graças a Jules Bianchi.