Lewis Hamilton: «Ganhamos juntos e perdemos juntos»

Foi um fim-de-semana de grandes emoções neste ano na corrida do GP de Monte Carlo quando tudo parecia dominado por parte de Lewis Hamilton um erro grave da sua equipa Mercedes deitou tudo a perder.

Lewis Hamilton: «Ganhamos juntos e perdemos juntos»
Hamilton desiludido e Rosberg vence pela 3ª vez no Mónaco (foto:Mercedes)

Apesar de termos um Nico Rosberg eufórico com a vitória quem viu este GP sabe que esta corrida foi mais perdida pela Mercedes e Hamilton do que ganha pelo alemão. O inglês construiu uma vantagem solida até ao acidente de Verstapen e a entrada do safety-car que fez com que a Mercedes tomasse uma decisão errada de trazer monolugar de Hamilton para as boxes e com isto cair para trás de Rosberg e Vettel que mesmo com pneus mais frescos nada pode fazer. O circuito do Mónaco e o mais difícil de realizar ultrapassagens.

Rosberg muito feliz apesar de consciente

O alemão apesar de ter sentido algumas dificuldades durante a corrida o erro da Mercedes permitiu-lhe ficar com a vitória a sua terceira neste circuito refere, «Estou muito feliz mas também sei que tive muita sorte. Não interessa se são duas ou três vitórias no Mónaco. Não é nisso que estou a pensar.».Em relação a justiça da vitória declara «O Lewis teve um andamento muito forte e merecia ganhar. Mas as corridas são assim e estou feliz com a vitória. Não faço a ideia quais foram as estratégias dos outros, pois é difícil ver isso a partir do meu carro.»

Rosberg explicou a dificuldade que todos os pilotos tiveram com a entrada do safety-car «Quando a corrida recomeçou depois do safety-car, foi difícil porque os pneus estavam frios, mas consegui manter-me à frente». Já a pensar na próxima corrida refere «Tenho trabalho a fazer para a próxima corrida porque o Lewis esteve muito forte e eu tive que andar ao máximo para o bater».

Mais um pódio para Vettel

O piloto da Ferrari sentia-se feliz com o segundo lugar e satisfeito por ter feito mais um pódio pela scuderia explica «Houve uma mudança no fim, foi uma surpresa. Mas eu estava onde interessava estar. » O alemão ainda tentou passar para a frente e refere «Tentei pressionar o Nico mas a manobra de ultrapassagem não funcionou. A equipa trabalhou muito bem, fizemos muitos progressos desde a última corrida e foi um bom resultado para nós ». Tal como os outros pilotos falou a cerca dos pneus «Estes pneus não são foram feitos para arrefecer, por isso eu e o Nico tivemos que os poupar e estava difícil apanhar o Lewis. Mesmo quando a corrida recomeçou estava difícil, pois o Lewis estava numa situação melhor com pneus super-macios, mas o Nico conseguiu afastar-se.».

Vettel falou também da tácita usada no início da corrida «Não valia a pena pressionar o Nico porque podia destruir os pneus e podia entrar um safety-car, como veio a acontecer. Dependendo das diferenças, podíamos ter montado outro conjunto de pneus, mas ficou claro que a opção correta era continuar em pista».

Hamilton bastante desiludido

O inglês consciente da corrida que fez naturalmente não estava satisfeito com o resultado da corrida e refere «Não foi a corrida mais fácil que já tive. A equipa fez um excelente trabalho durante toda a temporada, ganhamos juntos e perdemos juntos». Apesar do seu descontentamento deu os parabéns aos outros intervenientes do pódio «Por isso, parabéns ao Nico e ao Seb. Vamos sentar-nos depois para tentar melhorar.»

Em relação a próxima prova Hamilton esta determinado e declara «Vou regressar para ganhar a próxima.». Apesar deste erro o inglês confia na nossa equipa e diz que tudo se passou bastante rápido «Aconteceu tudo muito depressa que mal me lembro. A corrida estava a ir bem até à última paragem. Não consigo explicar como me sinto.(..)Confiamos na equipa, disseram-me para ficar e eu disse que os pneus iam arrefecer. Então disseram-me para entrar e eu estava convencido que os outros também tinham entrado.».

Mercedes sabe o erro que cometeu

Os flecha de prata conscientes do erro que cometeram fizeram um comentário via Twitter «A todos os adeptos desiludidos, sentimos a vossa dor. Falhamos, tao simples quanto isso. Vamos sair desta situação mais fortes». A próxima corrida será o GP de Canada no circuito Giles Vilneuve no fim-de-semana de 5 a 7 de Junho.