Volta a França: Vitória merecida para Bodnar

Polaco bateu o seu compatriota Kwiatkowski por apenas 1 segundo e, assim, venceu o contra-relógio da 20ª etapa do Tour. Froome fez terceiro e garantiu o seu 4º Tour.

Volta a França: Vitória merecida para Bodnar
Grande vitória para Bodnar // Fonte: Cycling News

Maciej Bodnar (Bora-Hansgrohe) foi o mais forte no contra-relógio de Marselha. O seu compatriota, Michal Kwiatkowski (Sky), demorou apenas mais um segundo a concluir o percurso e acabou em segundo e Froome (Sky) fechou em terceiro lugar, a 6 segundos do vencedor, garantindo assim a vitória na Volta a França 2017.

Depois de na etapa 11 ter sido apanhado pelo pelotão a apenas 400 metros da meta, pode dizer-se que o polaco ‘morreu na praia’. Mas desta vez, na sua especialidade, Bodnar conseguiu bater toda a gente e conquistar a maior vitória da sua carreira. A desilusão do dia foi Tony Martin, que acabou em quarto, a 14 segundos do polaco.

Na geral, Rigoberto Uran passou para o segundo lugar, ultrapassando Bardet. O francês segurou o pódio por apenas um segundo, depois de Landa ter surpreendido no contra-relógio. Aqui fica o top-15 depois do contra-relógio:

Amanhã temos a etapa de consagração dos vencedores. A etapa só vai ter história quando se entrar no circuito final, e aí vamos ver as equipas dos sprinters a trabalhar, pois é a última oportunidade para muita gente vencer uma etapa. E que local melhor para vencer do que nos Campos Elísios?