Volta a Itália: Jungels ganha em Bergamo

Líder da juventude foi o primeiro a atacar na última subida e conseguiu ser o mais forte no sprint entre os favoritos da geral.

Volta a Itália: Jungels ganha em Bergamo
Primeira vitória numa Grande Volta para o jovem luxemburguês // Fonte: Cycling News

Bob Jungels foi o mais forte na difícil chegada a Bergamo. Em estradas que normalmente é corrido o Giro del Lombardia, o campeão luxemburguês e líder da juventude ganhou ao sprint contra os restantes favoritos à geral. Quintana fez segundo e ganhou 6 segundos de bonificação, e Pinot fez terceiro. Dumoulin chegou inserido no grupo principal e continua líder.

Numa etapa que se esperava calma e de transição antes do descanso, correu tudo ao contrário. Muita demora a formar a fuga, quando esta se formou, haviam equipas como a Cannondale e a Emirates que queriam colocar homens na frente e por isso estavam a trabalhar na frente do pelotão.

Quando finalmente se formou a fuga, a Orica não deixou a fuga sonhar e manteve-a sempre debaixo de olho. Quando chegaram as dificuldades da etapa, Pierre Rolland e Luis Leon Sanchez lançaram-se para a frente e ainda sonharam com a glória, mas foram alcançados na última subida.

Jungels atacou e quem foi atrás foi Nibali, para ganhar espaço na descida, coisa que não aconteceu, pois todos os favoritos estavam atentos. Numa chegada atípica, com um sprint entre os favoritos à geral, o luxemburguês foi o mais forte e ganhou a 5ª etapa para a Quick-Step Floors.

Foi uma etapa péssima para Rui Costa, que desceu dois lugares na geral, depois de chegar na 58ª posição, a 8:54’ do vencedor. É agora 17º a 16:52’ de Dumoulin. José Gonçalves foi o português mai bem colocado, chegou a 1:07’ do vencedor, na 33ª posição. José Mendes foi 80º.

Fiquem com o novo top-15:

Amanhã é dia de descanso no Giro, mas a partir de terça vai começar o Giro a sério e os verdadeiros testes para Tom Dumoulin. A próxima etapa vai ter muita montanha na ‘ementa’.


Share on Facebook