Ciclismo : Luto no Desporto

Tal como a Team Astana diz no seu comunicado: "Isto é uma tragédia muito grande para ser escrita". Para um amante de desporto, e de ciclismo em particular, estas são as notícias mais difíceis de escrever.

Ciclismo : Luto no Desporto
Scarponi tinha 37 anos // Fonte: AFP

Michele Scarponi, ciclista da Astana morreu quando estava a treinar hoje de manhã, perto de sua casa, em Filottrano. O italiano foi atropelado por uma carrinha e não resistiu aos ferimentos. “Hoje de manhã, ele saiu na sua bicicleta para um treino matinal e foi aí que a tragédia aconteceu” – diz a equipa no comunicado.

É uma grande perda para o desporto porque quem acompanhou a carreira de Scarponi sabia que era alguém que estava sempre com um sorriso na cara e que dava tudo pelo ciclismo. Cito o comunicado: “Deixamos um grande campeão e um homem ainda maior, sempre a sorrir em qualquer situação, ele era um exemplo para todos na Astana Pro Team”.

A verdade é que Michele Scarponi partiu a fazer aquilo que mais amava, andar de bicicleta. A noite passada foi a sua última noite com a mulher e com os seus dois filhos.

Da nossa parte resta prestar condolências à sua família e amigos neste momento.

Dia 22 de Abril fica marcado como um dia negro para o desporto.


Share on Facebook